terça-feira, 9 de agosto de 2011

Oração do Bibliotecário

Resolvi postar uma “oração” que conheci logo no primeiro mês de curso. Este texto acaba exemplificando algumas particularidades da profissão. Serve mais para aqueles que perguntam - Biblioquê? - Nem fazem questão de separarem as palavras de tão cultas que são. Pois bem, divirtam-se:





       

Senhor, tu me deste o dom da paciência e,
Mais do que ela, o de ouvir;
De silenciar e de achar justificativas
Para cada "típico" usuário da informação
Que busca o meu auxilio.
Eu sou o elo da informação e a necessidade do usuário.
Eu sou o seletor dos documentos.
Eu sou o interprete dos desejos alheios.
Faze, Senhor, que eu me policie diante da vontade
De interferência na necessidade de outrem.
Eu sou o leitor telegráfico e assíduo de tudo a que tenho acesso.
Faze, Senhor que eu saiba discernir entre o necessário
E o desnecessário, a fim de atender as pessoas.
Eu sou o protagonista de cenas e pesquisas exaustivas.
Faze, Senhor, com que eu possa ser assistido
Pelas pessoas certas.
Senhor, permite que eu me mantenha fiel
Ao compromisso de informar, indistintamente,
A todos que procurarem por uma informação.
Permite que eu não vacile diante dos trabalhos exaustivos.
Que eu não esmoreça diante das criticas.
Que eu não duvide da capacidade
De servir os amantes da informação.
Permite que eu seja criativa[o] a cada novo sol.
E, quando dele me afastar,
Seja porque me aproximei de ti para sempre.
Amém!  

Autora: Maria Aparecida Sell










2 comentários:

  1. Olá,
    muitas frases servem pra todos nós,
    a oração sempre é um bom caminho.
    abraço

    ResponderExcluir
  2. Olá, obrigada pela visita !!


    Abraços =)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...